Licenças de fontes reinventadas: públicos diferentes, necessidades diferentes

Fontes em Uso

Eu acredito que licenciar fontes precisa ser fácil. Você deve poder baixar, instalar e testar as fontes na prática antes de comprar.

Acredito que você prefira ter sempre famílias completas e não apenas um peso ou outro. E que monitorar o número de pageviews na web seja uma dor de cabeça ao cliente final. Acredito, ou melhor, tenho certeza que poder compartilhar as fontes com fornecedores é fundamental para implementar muitos projetos. E por acreditar em tudo isso, reinventei as Licenças da Fabio Haag Type:

Quantos usuários?
Refere-se ao número total de pessoas que estão utilizando as fontes, instaladas em seus computadores, para a Licenciada.

Compartilhar com fornecedores?
Pode sim! Apenas observe que o número total de usuários entre os fornecedores e a sua empresa esteja dentro da sua licença. Além disso, os fornecedores podem utilizar as fontes somente em projetos para a empresa Licenciada.

Web?
Refere-se ao uso da tecnologia webfont e não possui nenhum tipo de restrição, seja baseada em tráfego, número de domínios ou tempo de uso. (É extremamente generosa!)

App?
Para uso em quantos títulos e plataformas desejar, sem nenhum limite de distribuição.

Valor?
Em nossa moeda nacional (R$) referente a qualquer família completa. Aliás, agora apenas licenciamos famílias completas (não queremos que você viva a situação terrível de querer utilizar um peso e descobrir que ele está faltando).

E quanto a games, e-books, PDFs ou créditos em filmes?
Não há nenhuma limitação de distribuição. Apenas garanta que durante a etapa de produção o número de usuários seja respeitado.

 

Leia as letras miúdas do nosso Contrato. Ele foi escrito por advogados aqui no Brasil, pensando na máxima clareza e segurança jurídica para todos vocês. (E as letras nem são miúdas e são lindas, aliás)


Notícias relacionadas